Ruy Belo – Na morte de nicolau

by manuel margarido

Em celebração de Sérgio Paulinho, ciclista, filho de Jacinto Paulinho, ciclista também ele. O Sérgio ganhou uma etapa da Volta a França (uma enorme proeza), dizendo a si mesmo, quando arrancou para o sprint, que «era mais forte que o outro». Pensamento humilde, porque simples conhecimento de si.

José Maria Nicolau

NA MORTE DE NICOLAU


José maria nicolau fugiu. Quem o apanha?

Nunca ele pedalou tanto como agora

Decerto vai chegar antes da hora

A etapa era decisiva e está ganha


Ele que várias vezes deu a volta a portugal

deu desta vez a volta a quê? Talvez à vida

A alguns anos já da primeira partida

fugiu. Tudo se torna agora mais real


Que média fez num terreno tão mau

É tudo serra custa tanto subi-la

Deixem que eu vista a camisola amarela

ao grande corredor josé maria nicolau

Belo, Ruy, Obra Poética (volume 1), Lisboa: Editorial Presença, 1981