Declaração de amor

by manuel margarido

Se não for forjada (e não me parece) esta cartinha seria divertida de ternura, não desse ela que pensar. Ou de como o sentido dos bens materiais, do “que conta”, arrasa com a graça dos arroubos amorosos infanto-juvenis. ‘Tás tramado, Jorge Daniel.

[Clique na imagem para ampliar]

«Os meus pais têm um Mercedes e uma casa de férias na Vieira.»