Preparo os dias da cinza

by manuel margarido

Poemas. Também os fui escrevendo e vou de vez. Em quando.

«porque tu és pó e ao pó voltarás»
BÍBLIA, Génesis, 3-19

Preparo os dias da cinza.

Os tempos sem sobressalto.

A terra árida onde apenas o vento

dispersa a inutilidade das ervas.

Aguardo o silêncio fundo

das vozes que não se ouvem.

A sobra, a escuta inútil

de uma alegria perdida.


Agradeço os dias da cinza

o tempo do coração inerte.

Nele guarda-se o fogo

que nem o desejo alcança.

Espero no pó das brasas extintas

o ressurgir de uma chama,

escondida e de novo acesa

no mais frio dos dias da cinza.

«Ashes», The Grayson, © The Grayson, via Deviantart