W. B. Yeats, um poema

by manuel margarido

[post reeditado]

Tradução, da autoria de Joaquim Manuel Magalhães, de um poema de W. B. Yeats, um amigo meu. Enviada por Amélia Pais, cara leitora atenta.


He Wishes for the Cloths of Heaven


Had I the heavens’ embroidered cloths

Enwrought with golden and silver light

The blue and the dim and the dark cloths

Of night and light and the half-light


I would spread the cloths under your feet:

But I, being poor, have only my dreams

I have spread my dreams under your feet

Tread softly because you tread on my dreams.


W. B. Yeats


Ele Deseja os Tecidos do Céu


Tivesse eu os tecidos bordados dos céus,

Lavrados com a prata e o ouro da luz,

Os tecidos azuis e foscos e de breu

Que têm a noite, a luz e a meia luz



Estenderia esses tecidos a teus pés:

Mas eu, porque sou pobre, apenas tenho sonhos;

São os meus sonhos que eu estendi a teus pés;

Sê suave no pisar, que pisas os meus sonhos.

Wind Flowers, John Waterhouse

Wind Flowers, John Waterhouse