Valentine’s Day – Tom Waits

by manuel margarido

Tom Waits, num programa de televisão desconhecido, em data desconhecida. Ah, mas a canção é Take Me Home, do One From the Heart, filme do meu coração. História tão banal, tão simples, rapaz ama rapariga, os dois descompassam, conhecem cada um um outro, ‘apaixonam-se’, hão-de voltar aonde os afectos mais fundos moravam. Frannie (Teri Garr) pede a Hank (Frederic Forrest) que pedirá a Frannie. Pedidos desencontrados que se encontram. A banda sonora de Tom Waits (acompanhado, na interpretação, por Crystal Gayle, que canta o tema) é pelo menos tão bela como o Do Fundo do Coração. E esta canção excepcional, com uma letra tão básica, uma melodia tão simples, é aquela que me lembra sem falhas a grandeza absurda da parvoíce que é o amor.

Escrito de madrugada. ‘Ainda’ é dia 14 de Fevereiro, data sem qualquer significado, mas que nunca esquecemos graças à tv, internet, jornalinho e publicidade.

take me home

you silly boy

put your arms around me

take me home

you silly boy

all the world’s not round without you


I’m so sorry that I broke your heart

please don’t leave my side

take me home

you silly boy

cause I’m still in love you

– Tom Waits