Pietá

by manuel margarido

Por estes dias tropeço em Pietás – seria a Páscoa a altura certa. Envia-me o Alexandre Honrado, escritor, homem de e da rádio, autor do blogue República das Badanas e, como se poderá ver no seu blogue, vocacionado fotógrafo, este detalhe de um cruzeiro manuelino, situado em frente do portal da igreja do Convento de Nossa Senhora da Estrela, já fora das muralhas de Marvão. O cruzeiro tem a particularidade de ter uma dupla representação de cada lado da cruz: num dos lados a Senhora da Piedade e, do outro, Jesus crucificado. É um detalhe do primeiro que aqui se deixa, na sua rudeza invocando a dor, da Senhora da Piedade se trata, de uma Pietá tão talhada como talhadas são as mães que abraçam os filhos mortos.

Cruzeiro em Marvão. Nª. Srª. da Piedade (detalhe). © Alexandre Honrado

Cruzeiro em Marvão. Nª. Srª. da Piedade (detalhe). © Alexandre Honrado

(clique para ampliar)