Warsaw, Missouri

by manuel margarido

Timothy Garton Ash, notável cronista, escritor e pensador político contemporâneo (com a vantagem acrescida de escrever imaculadamente) publica ontem uma excepcional crónica a partir desta localidade (Warsaw, Missouri) no meio da América, onde a ‘grande questão’, aquela que as sondagens nunca conseguirão prever porque se esconde no mais íntimo de cada um, está bem viva na memória dos seus 2.000 e poucos habitantes: o racismo. Garton Ash não tece juízos de valor. Ouve as histórias das pessoas, lê os sinais. Simpatiza mesmo com as gentes e a paisagem. E coloca as questões que importam.  A memória; a história; os ressentimentos; os sentimentos que já não deste tempo mas são do tempo das pessoas concretas. Um artigo a não perder – até por revelar um episódio curioso: a intensidade desta campanha é tanta que um juiz do Ohio decidiu que os homeless podem registar-se como votantes dando como morada um banco de jardim.

Warsaw, Missouri

em Warsaw