Welcome to Elsinore – cinco anos

by manuel margarido

Parabéns à Carla Carvalho, A.K.A. Carla de Elsinore, pelo quinto aniversário de um blogue que merece respeito pelo prazer que nos dá. Welcome to Elsinore. Onde o que mais admiro será a dimensão autoral. Depois a irreverência e a juvenil idade, o jogo entre o lúdico, o estético, o peso e a leveza. É há coisas tão bonitas como esta, que não resisto a ‘gamar e copiar’. Sim, vou publicar um post de outro blogue, em vez de fazer um hiperlink. É contra as regras? Estou-me nas tintas. Espero que a autora não me leve a mal. Porque é uma forma de dizer: gostei tanto que o achei como meu.

(publicado em 11 de Outubro no blogue Welcome to Elsinore)

Procrastinação

© Carla de Elsinore (Alentejo, AGO/2008)

© Carla of Elsinore (Alentejo, AGO/2008)

Pela manhã sentava-me nas tábuas frias da ponte observando o espectáculo das trutas a engolirem libelinhas coloridas, duas a duas, em dia de acasalamento. De um golpe, sem compaixão. Ploc. A puta da máquina estava outra vez avariada depois de ter passado um mês de férias na Canon. Who gives a fuck? Era Outubro e haveríamos de passar o resto do dia na nossa praia, adormecendo ao sol e bebendo caipirinhas – que não é tempo de morangos – antes de anoitecer, no barzinho escondido. O mar grande era todo meu e nem a gruta parecia um lugar estranho. Tudo distante agora e, afinal, nem passaram os dias suficientes para o gajo que dizem que fez o mundo repetir a proeza.

Fica claro porque trouxe este post para as folhas ardem? Porque tinha de ser.