Novos Poetas (X) – Pedro Afonso

by manuel margarido

Na esteira de Miguel Godinho, acabo por ‘tropeçar’ em Pedro Afonso (1979), um dos fundadores da revista Sulscrito, ontem referida, traçando uma linha de escrita poética que percorre caminhos próximos dos de Godinho. O seu trabalho, identificado no blogue Volumen, que lhe dedica atenção crítica, é ainda, notoriamente, o labor de uma voz poética em definição. O primeiro livro de Pedro Afonso, ainda aqui este lugar, marca o início da actividade da Editora 4Águas (Tavira). Pode, igualmente, ser melhor conhecido (refiro-me ao trabalho poético) no seu blogue pessoal, A Pedra, onde se foi encontrar este poema.

por causa do fumo

a metade acesa da lua
derrama-se pelo mar
até à ria

ambos assim
a esta distância
parecem quietos

isto de ter que vir fumar
à janela
é um bocado chato
mas às vezes traz poesia

Pedro Afonso, 6 de Outubro, em http://apedra.blogsome.com/.

untitled © gonzales, Olhares, fotografia online

untitled © gonzales, Olhares, fotografia online

Advertisements